Dicas de Beleza
Porque o mundo quer ficar mais bonito
CabeloCorpoRostoSaúdeTest driveMais
Definir como Página Inicial Imprimir conteúdo Entre em contato Adicionar aos Favoritos RSS

Language



Usuário:
Senha:


Entrar




Cabelo / Químicas e coloração
Cansou de ser loira? Vai escurecer? E agora?

Quem quer deixar de ser loira deve ficar atenta a algumas dicas

Se hoje você não agüenta mais seu antes tão desejado cabelo loiro, o jeito é escurecer os fios. Mas como fazer isso e obter um bom resultado final? Nós te contamos! Confira!

O primeiro passo é decidir se você quer mesmo escurecer as madeixas. Talvez o que você precisa seja apenas de um novo corte de cabelo. Já pensou nisso? Será que um encontro com a tesoura não seria capaz de renovar o seu visual e garantir novos ares? Lembre-se de que escurecer os fios requer sempre tonalizante ou tintura, ou seja, química! E química sempre muda a estrutura dos fios, o que pode resultar em danos.

Ok, então você quer mesmo escurecer o cabelo? Fique de olhos nas nossas dicas:

Nº 1: Tinta não clareia tinta
Lembre-se sempre disso. Essa frase deve ser o seu mantra! Você não vai conseguir clarear com tinta os fios que já receberam coloração. Se escurecer demais, só indo ao salão para reverter o processo. Lá eles farão um procedimento especial que irá clarear seus fios aos poucos. Veja bem: aos poucos. Sim, é difícil se livrar das colorações escuras.

Nº 2: Vá com calma
Se você se empolgar e partir para um tom super escuro logo de cara, a chance de você não se adaptar ao novo look é grande. Por isso, vá devagar e escureça aos poucos. Para não destoar muito, comece escurecendo dois tons. Se não foi suficiente, na próxima, desça mais dois. Faça assim até chegar no tom desejado. O processo também ajuda o pigmento a se fixar no fio claro.

Nº 3: Aposte no tonalizante
Por fixar menos do que a tintura, o tonalizante é uma boa pedida para descobrir qual tom fica melhor em você. Como ele sai após algumas lavagens, fica fácil mudar a cor do cabelo se você não curtir o resultado final. Por isso, o tonalizante pode servir com um teste antes da tintura.

Nº 4: Não confie na cor da caixinha
A cor que aparece na caixinha é apenas uma referência. Quase nunca seu cabelo ficará igual. O resultado final dependerá do seu histórico de químicas, incluindo colorações, e do seu tipo de cabelo. E atenção: se optar pelo castanho escuro, saiba que ele vai escurecer seus fios pra valer (eles ficarão quase pretos).

Nº 5: Olhe-se no espelho
Antes de escolher sua cor, considere seus tons de pele e de sobrancelha. Procure não destoar deles. E não se esqueça de dar importância também às químicas que você já tem no cabelo. Peles morenas ficam ainda mais lindas com os castanhos mais fechados. Se você for bem branquinha, ficará linda com tons castanho-avermelhados, chocolate e castanho claro. O preto também cairá bem, mas tenha em mente que ele pesará, e muito, em você por causa do forte contraste.

Nº 6: Já tentou luzes invertidas?
Já pensou em fazer mechas fininhas mais escuras nos seus fios? As luzes invertidas escurecem o cabelo sem destoar do tom que você já tem no fio. O resultado é uma aparência natural e bonita, sem marcar a raiz. Além disso, os retoques não precisam ser tão freqüentes quanto seriam com a tintura.

Nº 7: Manutenção sempre
Não descuide do seu cabelo depois de tingi-lo. Faça hidratações com freqüência e use produtos apropriados para cabelos coloridos. Isso garante que o tom escuro fique bonito e dure por mais tempo. Se quiser, aplique um tonalizante na mesma cor do cabelo para dar brilho e avivar a cor. Outra boa dica é fazer um banho de brilho em casa uma vez por mês para reavivar o tom escuro e hidratar os fios. Basta misturar apenas o tonalizante (sem a emulsão) no seu creme de hidratação branco e deixar a mistura no cabelo por 15 minutos. Enxágüe bem em seguida.

Nº 8: Na dúvida, procure um bom cabeleireiro
Sempre que bater aquela insegurança, busque ajuda profissional. O mesmo vale se você pretende ir direto do loiro platinado ao preto, já que o processo requer uma pré-pigmentação para reter a cor, o que não é tão fácil de se fazer em casa.

Texto: Vanessa Cusumano


Veja também

>> Você tem mechas? Cuide bem delas!
>> Como pintar os cabelos em casa
>> Tudo o que você quer saber sobre coloração

 

Compartilhe no Twitter - Início Compartilhe no Orkut - Início Compartilhe no Facebook - Início Compartilhe no Delicious - Início Compartilhe no MySpace - Início Compartilhe no Google - Início Compartilhe no Digg - Início Compartilhe no LinkedIn - Início Enviar por e-mail



Acessar categoria cabelo Acessar categoria corpo Acessar categoria rosto
Acessar categoria saúde Acessar categoria test drive Acessar o Shopping E-LINDA


Início - Quem somos - Política de acesso - Seja nosso parceiro - Contato

Copyright e-Linda. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Enviar por e-mail