Mostrando postagens com marcador Dia-a-dia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dia-a-dia. Mostrar todas as postagens

12 péssimos hábitos para a pele

Nem sempre nos damos conta de que nossos hábitos prejudicam a pele
Não se sabote! Ter uma pele bonita e saudável não é tão complicado quando a gente se dá conta de que pequenas atitudes surtem mais efeito do que cremes caros e tratamentos mirabolantes. Saiba quais são os hábitos que você precisa deixar para trás a partir de já!

1. Não usar filtro solar
A melhor maneira de manter a pele bonita e saudável, longe de rugas, manchas e flacidez, é apostar num bom filtro solar de amplo espectro. É preciso que ele possua proteção contras os raios UVA e UVB, e tenha FPS maior do que 30. Aplique o equivalente a duas colheres rasas de chá de filtro solar no rosto e espalhe até o pescoço.

2. Fumar
Quem fuma não prejudica apenas a saúde, mas desenvolve rugas profundas e manchas na pele. Estudos comprovam que cada década perto do cigarro resulta em uma aparência como se você tivesse quase três anos de idade a mais.

3. Beber muito
Quem exagera na bebida sente na pele: o álcool acelera o processo de flacidez.

4. Escolher os produtos errados
É preciso usar produtos próprios para o seu tipo de pele. Oleosa, seca, mista ou sensível? A informação vem estampada no rótulo. Faça a escolha certa seguindo as recomendações dos fabricantes.

5. Ignorar o pescoço e o colo
Não pare no queixo! Sempre que usar um produto facial, seja hidrante, esfoliante ou filtro solar, espalhe também no pescoço e no colo. Essas áreas também ficam bastante expostas, portanto vulneráveis ao fotoenvelhecimento, e acabam quase sempre negligenciadas. 

6. Usar pincéis de maquiagem sujos
Pincéis sujos duram menos, obstruem os seus poros e podem causar infecções bacterianas. Lave seus pincéis a cada 20 dias com xampu neutro infantil. Deixe-os secar durante a noite (eles devem permanecer deitados sobre uma toalha limpa e seca).

7. Dormir tarde
A privação de sono pode agravar todos os seus problemas de pele, inclusive o envelhecimento precoce. Uma boa noite de sono recupera o organismo e acelera o processo de renovação celular, deixando sua pele descansada e com viço. 

8. Não lavar o rosto à noite
Dormir maquiada faz mal para a pele. Poros obstruídos, irritação e acne podem surgir. Lave corretamente seu rosto com um sabonete facial próprio para o seu tipo de pele.

9. Negligenciar os olhos
A pele ao redor dos olhos é bastante fina e delicada, por isso necessita de produtos específicos. Aposte neles!

10. Espremer espinhas
Apesar de tentador, isso só vai piorar a situação, deixando o local inflamado ou até infeccionado. Além disso, cicatrizes e manchas podem aparecer. Use secativos próprios para espinhas.

11. Não se exercitar
A atividade física aumenta o fluxo sangüíneo, contribuindo para uma aparência saudável e jovial, te deixando com a pele suave, mais clara e viçosa. O exercício também diminui o estresse, um dos grandes inimigos da pele.

12. Usar muitos produtos
É preciso ter cuidado e critério na hora de escolher o que usar. Aplique o mínino de produtos diferentes para não haver excesso de ingredientes iguais, incompatibilidade de fórmulas ou irritação. Um kit básico conta com sabonete facial suave, hidratante e filtro solar. Na dúvida, peça orientação do seu dermatologista.

Texto: Vanessa Cusumano


Os 7 mandamentos da pele sem espinhas

Use e abuse de alguns segredinhos que manterão sua pele longe da acne
Se você deseja uma pele limpinha, livre de espinhas, é hora de conferir os 7 mágicos mandamentos. Acredite, eles funcionam! 

1. Mantenha a pele limpa
Maquiagem esconde, mas também pode causar espinha. Além de usar base, corretivo & cia. livres de óleo e não comedogênicos, você deve lavar seu rosto duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. Aposte em limpadores com ácido salicílico.

2. Não cutuque a espinha
Mãos longe das espinhas sempre! Cutucar ou espremer as lesões só vai piorar a situação. As espinhas podem inflamar e, com isso, deixar machucados que se tornam marcas difíceis de serem apagadas. Se for difícil resistir, mantenha as mãos ocupadas com bolinha anti-estresse, escrevendo, cozinhando ou fazendo artesanato. Distraia-se! Se você não se conteve, aplique uma pomada com peróxido de benzoíla para ajudar a cicatrização.

3. Use a fórmula mágica
Entre as substâncias que comprovadamente atuam contra a acne estão o ácido salicílico, o ácido azelaico, o peróxido de benzoíla e o ácido glicólico. Mas atenção: todas elas precisam de, pelo menos, seis semanas para começarem a surtir algum efeito visível. Por isso, tenha paciência. Se depois desse período nada mudar, procure seu médico.

4. Dê uma chance ao ácido retinóico
Ele não serve apenas contra rugas. O retinóide também clareia a pele (ele é ótimo contra as manchas que as espinhas possam ter deixado), dá mais firmeza ao rosto e previne a acne. Aplique à noite em todo o rosto e pescoço.

5. Invista em produtos para pele oleosa
Prevenir é sempre o melhor remédio. Continue usando seus produtos para pele oleosa mesmo que as suas espinhas tenham dado um tempo. Se alguma surgir, acredite, ela durará bem menos. Mas fique atenta ao excesso! Aplique a quantidade de produto recomendada na embalagem (geralmente uma camada fina). Se exagerar, você pode sensibilizar demais a pele e ficar com mais espinhas ou com queimaduras.

6. Proteja sua pele
A acne e os produtos que você usa para combatê-la deixam sua pele mais sensível ao sol. Por isso, é fundamental usar filtro solar todos os dias, mesmo quando estiver nublado. Procure fórmulas com FPS 30 ou superior, livres de óleo e não comedogênicas. 

7. Relaxe
Estresse e acne andam juntos. Por mais que pareça absurdo, os hormônios liberados em situações estressantes aumentam a oleosidade, o que pode obstruir os poros e causar espinhas. O lance então é reduzir a tensão, e isso deve ser trabalhado diariamente. Vale tudo: meditar, praticar ioga, tai-chi, dançar, caminhar, fazer escalda-pés... O segredo é apostar em algo que te dê prazer e que te deixe relaxada, despreocupada e feliz.

Texto: Vanessa Cusumano


Truques infalíveis para uma pele linda

Ter uma pele linda e radiante é mais fácil do que parece
Cá entre nós, ter uma pele bonita é fácil. Além de usar filtro solar, se alimentar corretamente e ficar longe do cigarro, você pode mais! Algumas dicas vão te ajudar a ter um rosto super radiante! Confira!

Como experimentar novos produtos 
Para evitar surpresas desagradáveis, como alergias ou espinhas, teste o novo produto por três dias seguidos em uma pequena região do seu pescoço. Assim, fica fácil esconder com o cabelo qualquer reação chata. Durante o período de testes, deixe de lado a esfoliação e use apenas um limpador neutro e um hidrante mais básico, sem ácidos. Se tudo correr bem, o produto está liberado para o rosto.

Como escolher o hidratante
Oleosidade e irritação são queixas comuns. No entanto, o que pouca gente sabe é que esses problemas podem ser causados pelo hidratante incorreto. Para não errar:
. Pele oleosa: aposte na loção oil-free (livre de óleo, como o nome sugere).
. Pele acnéica: vá de loção ou gel oil-free, sendo que ambos devem ser não comedogênicos.
. Pele seca: cremes espessos com ácido hialurônico são boas pedidas para você.
. Pele sensível: use hidratante livre de fragrância, já que o perfume é o grande causador de irritações cutâneas. 

Como tratar lábios rachados
O melhor é evitar que eles fiquem ressecados. Por isso, se você vai passar o dia ao livre, ainda mais se estiver muito sol, ventando ou frio, não dispense um balm com filtro solar. Em casa, não descuide: use o balm de sua preferência. Se for tarde demais e os lábios já estiverem rachados, pomadas com dexpantenol (vitamina B5) resolvem o problema.

Como minimizar os poros 
O grande truque é a limpeza diária com produtos a base de ácido salicílico. O ingrediente também deve estar presente no esfoliante que você usará duas vezes por semana. Fazer uso de primer também é uma boa pedida, mas o efeito será temporário. Aplicar pó solto translúcido sobre as áreas onde os poros estão maiores também ajuda a disfarçá-los por algum tempo.

Como usar filtro solar
Prefira aquele de amplo espectro, que traz no rótulo a proteção contra raios UVB e UVA. Além disso, é importante que o seu filtro diário tenha fator de proteção de pelo menos 30. Porém, ao se expor ao sol no clube, na praia ou durante uma longa caminhada, opte pelo FPS acima de 45. E não se esqueça de aplicar o produto em cada cantinho do seu rosto, como orelhas, perto do couro cabeludo e na risca do cabelo, além do pescoço.

Como combater linhas finas
. Durante o dia: filtro solar de amplo espectro é o melhor produto anti-envelhecimento que se conhece.
. À noite: loções contendo retinol ou ácido glicólico são super indicadas, mas nunca use as duas no mesmo dia, pois essas substâncias são incompatíveis.

Como escolher um sérum
Quem busca hidratação extra deve procurar fórmulas com ácido hialurônico. Para uma pele mais firme, retinol e peptídeos são as melhores opções. Para clarear manchas escuras, sérum à base de retinol ou soja. Porém, se as manchas forem muito escurecidas, é melhor buscar o dermatologista para o tratamento correto, normalmente feito com hidroquinona.

Como eliminar o brilho
Loções matificantes exterminam o brilho na hora! Base em pó também ajuda. Se você prefere base líquida, aplique um pouquinho de pó translúcido por cima. Na hora do apuro, folhinhas anti-brilho fazem milagres (elas podem ser usadas sobre a maquiagem sem estragar o look).

Como combater a falta de viço
A idéia é eliminar o visual opaco, desbotado e sem vida. Para isso, será preciso investir na renovação celular. Lave seu rosto com um limpador leve contendo ácido salicílico. Use cremes com ácido glicólico e duas vezes por semana faça esfoliação com produtos mais abrasivos. No dia da esfoliação, esquece o ácido glicólico e opte por um hidratante mais leve. 

Texto: Vanessa Cusumano


6 erros que te fazem parecer mais velha

Alguns hábitos prejudicam a pele e fazem a gente parecer mais velha

Você sabia que pode estar prejudicando sua pele sem se dar conta disso? Alguns velhos hábitos podem danificar a pele, acrescentando alguns anos a mais no nosso rosto. E que atitudes são essas? Conheça-as agora!

1. Você não usa filtro solar
O sol envelhece, acentua manchas e pode causar câncer de pele. Por isso, é preciso usar o protetor solar todos os dias, faça calor ou frio, esteja sol ou nublado. E certifique-se de que você aplicou o produto em cada cantinho exposto, incluindo a linha do cabelo e as orelhas. A medida ideal: duas colheres das de chá para rosto, pescoço, mãos e colo. Ah, e lance mão de FPS 30 ou maior, independente do seu tom de pele, ok?

2. Você ignora as características da sua pele
Normal, mista, seca ou oleosa? Como é sua pele? É necessário conhecê-la e usar produtos apropriados para ela. Uma pele seca que não recebe hidratação adequada pode acrescentar vários anos na sua idade, por exemplo. No entanto, na hora de comprar um produto, não descarte também como sua pele está naquele momento. Seu problema são as rugas? Espinhas talvez? Vermelhidão? Leve sempre isso em conta, além do seu tipo de pele, claro.

3. Você trata suas espinhas como fazia na adolescência
Na adolescência, em grande parte dos casos, a acne é resultado do excesso de oleosidade. Na fase adulta, as espinhas costumam surgir por causa de estresse ou distúrbios hormonais. Por isso, trate o problema de frente, sem se preocupar apenas em controlar a produção de óleo. Enquanto você não descobrir a causa da sua acne, de nada adianta recorrer a loções matificantes e limpadores potentes. Além disso, com o passar dos anos, a pele vai ficando cada vez mais fina, sensível e suscetível a manchas, o que requer produtos bem mais específicos. Converse com seu dermatologista. 

4. Você usa os produtos na hora errada
Retinóides de dia e antioxidantes à noite? Nada disso! Ácidos (retinóides) devem ser usados de noite, para estimular a renovação celular de forma mais efetiva e não causar manchas. Use antioxidantes durante o dia, para proteger a pele das agressões externas. A esfoliação também cai melhor no período noturno, quando a pele está mais propensa a se renovar.

5. Você não hidrata a sua pele
Independente do seu tipo de pele, é preciso hidratá-la diariamente. Mesmo a pele oleosa requer hidratação. Basta usar o produto correto, feito especialmente para seu tipo de pele. Pele desidratada é sinônimo de rugas. Mantenha a hidratação e ganhe viço, elasticidade e maciez. 

6. Você não se preocupa com o seu rosto
Não deixe para cuidar da pele quando você for mais velha ou quando ela apresentar algum problema. A prevenção é a chave do sucesso e evita dor de cabeça e gastos altos no futuro, além de te deixar com uma aparência jovial e bonita. Limpe corretamente seu rosto e hidrate-o todos os dias, e não dispense o filtro solar. Fazendo isso, você garantirá uma pele ótima para toda a vida. 

Texto: Vanessa Cusumano


Acne depois dos 30

A acne pode aparecer mesmo na mulher adulta

A adolescência já ficou para trás faz tempo, mas as danadas das espinhas ainda teimam em surgir. Ou pior, elas resolveram dar o ar da graça pela primeira vez na vida. Se isso faz parte do seu dia a dia, saiba que você não está sozinha. É cada vez mais comum mulheres de 30 a 40 anos sofrerem com a acne.

As causas mais corriqueiras costumam ser duas: distúrbios hormonais ou excesso na produção de sebo. No primeiro caso, as espinhas surgem em mulheres que desenvolveram alguma doença que afeta a produção de hormônio, que têm ovário policístico, que suspenderam o uso do anticoncepcional ou que fazem reposição hormonal. Em todo caso, para saber qual distúrbio está causando a sua acne, é preciso passar por uma avaliação médica. Lembrando que até mesmo a gravidez pode ocasionar espinhas na mulher adulta.

Já a produção excessiva de sebo, normalmente, está ligada a dois fatores: estresse e uso de produtos inadequados para o seu tipo de pele. Sim, é isso mesmo! Fatores emocionais, como depressão, irritabilidade e nervosismo, desencadeiam ou agravam o problema, pois eles provocam a liberação de um hormônio que aumenta a oleosidade da pele.

Usar cosméticos contra-indiciados para a sua pele também não é nada bom. Pior ainda é não remover corretamente a maquiagem antes de dormir, sob pena de entupir os poros, ocasionando o aparecimento das lesões. O ideal é apostar em produtos específicos para a pele mista ou oleosa e higienizar o rosto da forma certa. Mas cuidado: limpeza excessiva também pode causar acne. Por isso, lave o rosto apenas duas ou três vezes ao dia, não mais do que isso. E nada de mexer nas lesões ou usar cosméticos para encobri-las. Isso agrava o problema.

Como tratar

Para se ver livre do problema, a atitude mais acertada é procurar o seu dermatologista para que ele investigue a causa da sua acne e dê a orientação mais adequada para você. Depois de diagnosticado o motivo, o tratamento será tópico ou oral.

Os tópicos podem ser feitos com a aplicação de soluções adstringentes e géis que estimulam a renovação celular e combatem a ação de bactérias. Casos moderados costumam ser tratados com antibióticos específicos.

A medicação oral é aconselhada em casos mais severos, que não respondem aos outros tratamentos. As indicações mais comuns passam pelas pílulas anticoncepcionais e pela substância isotretinoína, que requerem cuidados e supervisão médica.

A duração do tratamento vai depender da resposta de cada organismo e do grau da acne. Mas já é possível perceber alguma melhora a partir do primeiro mês.

Como evitar

Não lave excessivamente a pele (2 ou 3 vezes é suficiente)
Remova a maquiagem antes de dormir
Use cosméticos livres de óleo e indicados para pele mista ou oleosa
Faça uma leve esfoliação facial uma vez por semana
Evite ficar passando a mão no rosto toda hora
Beba bastante água
Pratique exercícios físicos com regularidade

Texto: Vanessa Cusumano
 



Como tratar e prevenir lábios ressecados ou rachados?

Para ter lábios sempre lindos é preciso hidratá-los todos os dias

Mas por que os lábios são os primeiros a sofrer com as alterações do clima? Quem responde é a médica especializada em Dermatologia Estética, Gisele Cristine Teixeira Barbosa. “Os lábios estão em uma área de transição entre a pele propriamente dita e a mucosa, possuindo uma pele mais fina. Além disso, não contam com glândulas sebáceas, responsáveis pela produção da nossa hidratação natural", explica.

"Por isso, as temperaturas extremas e o ar seco favorecem prematuramente, e com muito mais intensidade, o ressecamento dessa pele, mais frágil em comparação com o resto do corpo”, completa Dra. Gisele.

Como prevenir e tratar?

A idéia é evitar a perda de água. “Para isso, podemos usar substâncias hidratantes, que levam mais água para essa pele, ou materiais oclusivos, que impeçam a saída dessa água”, conta a médica.

“O que não podemos é ficar sem fazer nada, afinal, todo mundo já passou por uma experiência desconfortante dessas e teve como conseqüências terríveis rachaduras que ardiam ou até mesmo sangravam”, frisa Dra. Gisele.

O jeito é recorrer ao bom e velho protetor labial, também conhecido como lip balm. Há dezenas de opções no mercado. Entre as mais conhecidas e recomendadas para o dia a dia estão ChapStick (Pfizer), Carmex (Carma Labs), Blistex (Blistex), Ceralip (La Roche-Posay), Stick Cold Cream (Avène), Epidrat Lábios (Mantecorp), Vaseline (Unilever), Lip Care Repair (Nivea), Eucerin Lip Balm (Eucerin), entre outras.

“Esses produtos possuem modernos componentes hidratantes, que são cosmeticamente mais agradáveis do que a manteiga de cacau”, ressalta a dermatologista.

Geralmente, os protetores labiais contêm cera de abelha ou carnaúba, vitamina E, vaselina, cânfora, mentol (que diminui o desconforto), lanolina, fenol (que dá um leve formigamento e promove uma suave esfoliação), ácido salicílico (que faz uma pequena esfoliação), manteiga de karitê, aloe vera e óleo mineral. Alguns produtos também podem conter elementos que deixam o produto mais atrativo, como corantes, aromas, fragrâncias e até mesmo proteção solar.

Super dica da Dra. Gisele

Como sugestão, a média dermatologista recomenda o velho conhecido Bepantol Pomada (Bayer). As vantagens, segundo ela, são muitas: o produto custa pouco, rende muito (um tubo poderá durar o ano todo), não tem cheiro e não tem cor (o que é ótimo para os homens, que também pode usar), fica um tempão nos lábios (podendo durar horas), não arde e não faz mal à saúde.

“E depois, você ainda poderá aplicar o seu batom por cima dele. O batom vai fixar melhor e ninguém percebe que você está com uma proteção hidratante extra”, explica Dra. Gisele.

A dica é carregar na bolsa um outro protetor labial pequeno para repassar sempre que achar necessário ao longo do dia.

O Bepantol é encontrado em todas as farmácias, na seção de artigos para bebês, pois é uma das pomadas indicadas para ser usada durante as trocas de fraldas. Seu princípio ativo é o dexpantenol (pró-vitamina B5), que tem poder hidratante e ajuda na função de barreira da pele, evitando a perda de água e diminuindo o contato direto com o ar frio do inverno (ou quente do verão) e seco.

Na Europa, já existe o Bepanthol Lip (creme ou bastão), específico os lábios e em embalagens pequenas, mas ainda sem previsão para chegar ao Brasil.

Modo de usar

Aplique o produto com o dedo em todo o lábio superior e inferior, duas vezes por dia (de manhã, após escovar os dentes, e antes de dormir). Ele pode ser usado quando os lábios já estão ressecados, mas o ideal é que aplicar todos os dias como prevenção.

Mas atenção!

Sempre que alguma lesão labial não melhorar em três dias, apresentar secreção, sangramento que não se resolve, inchaço, vermelhidão intensa ou qualquer outro sintoma persistente não usual, procure seu dermatologista para uma avaliação.

Texto: VC


Faça o teste e descubra: sua pele é normal, oleosa, seca ou mista?

Cada tipo de pele exige cuidados específicos

Responda rápido: qual o tipo da sua pele? Normal, oleosa, seca ou mista?

Ficou na dúvida? Não se preocupe! Nós chamamos a dermatologista Mônica Linhares, do Espaço Saúde Rio, para te socorrer! Ela preparou um teste super simples que também vai te ajudar a saber mais sobre as características da sua pele.

De quebra, Mônica indica quais produtos e tratamentos escolher. Pronta para o teste? Então, vamos lá!





Teste: Qual o seu tipo de pele?

Tendo como base a aparência da sua pele, escolha uma única alternativa em cada grupo:

Grupo 1 – Sua pele é:
A) Lisa e suave
B) Espessada e granulosa
C) Desidratada e sem brilho
D) Desidratada e brilhante em algumas áreas
 
Grupo 2 – Sua pele tem:
A) Poros dilatados e pouco visíveis
B) Poros dilatados, visíveis e com tendência a cravos e espinhas
C) Poros fechados e tendência à irritação
D) Poros dilatados e tendência ao ressecamento
 
Grupo 3 – Sua pele hoje:
A) As secreções estão em equilíbrio
B) Aumento da quantidade de oleosidade
C) Lubrificação diminuída
D) Apresenta áreas muito oleosas e outras áreas mais ressecadas

Resultado:

Se a maioria das respostas foi a letra A
Pele normal
Características:
Sua pele tem uma textura lisa e suave. Os poros são poucos dilatados e menos visíveis. As secreções sebáceas e sudoríparas estão em equilíbrio.
Produtos e tratamentos: Sua pele deve ser limpa com um sabonete suave, de preferência livre de sabão. Você pode utilizar um tônico com pH próximo ao da pele e com baixa concentração de álcool para ajudar na limpeza. O hidratante deve ser leve e ter fórmula fluida. Use filtro solar com FPS no mínimo de 30, com proteção UVA e UVB, formulado em creme e com textura leve.

Se a maioria das respostas foi a letra B
Pele oleosa
Características: Sua pele é seborréica, brilhante e espessada. A textura é granulosa. Tem forte tendência a ter cravos e espinhas.
Produtos e tratamentos: Sua pele deve ser lavada com água fria, pois a quente aumenta a oleosidade. Sabonetes líquidos com agentes para controle da oleosidade e de ação secativa são boas pedidas na hora da higienização. Lembre-se: um bom esfoliante ajuda no controle da oleosidade. Se quiser, aplique um tônico com ação adstringente ou descongestionante após a limpeza. Já a hidratação deve ser feita com agentes fluidos e livres de óleo. A fotoproteção, por sua vez, deve ser em gel ou com textura seca ao toque. Se você tiver acne, use cremes secativos. O segredo é optar sempre por produtos não comedogênicos, ou seja, que não obstruem os poros.

Se a maioria das respostas foi a letra C
Pele seca
Características:
Sua pele apresenta um aspecto desidratado. Tem muita sensibilidade ao vento e ao frio. Tende a apresentar prurido, ressecamento e eczema. Às vezes apresenta uma descamação fina. Sua pele se mostra "quebradiça” e opaca.
Produtos e tratamentos: Use sabonetes com o mesmo pH da pele, que gira em torno de 4,5 e 6.0. Evite usar sabonetes abrasivos, pois eles acabam piorando o ressecamento. Aplique diariamente poderosos hidratantes com ativos como ácido hialurônico, vitamina C e uréia. À noite, use esfoliantes, alternando o uso com cremes nutritivos. Não se esqueça ainda de usar filtro solar diariamente, de preferência em creme.

Se a maioria das respostas foi a letra D
Pele mista

Características: Sua pele apresenta áreas de ressecamento e áreas mais oleosas principalmente na região da testa, nariz e queixo, região conhecida como Zona T.
Produtos e tratamentos: Use sabonetes para pele oleosa e mista, que podem ser encontrados facilmente em farmácias por um bom preço. Não dispense o hidratante, que deve ser fluido e não comedogênico. Filtros solares em gel ou oil free (livre de óleo) são ainda as melhores opções.

Texto: VC



Limpeza facial sem erros

Lavar o rosto corretamente garante uma pele linda e saudável

Lavar o rosto diariamente é super importante para manter a pele bonita e saudável. Alguns errinhos, no entanto, podem por tudo a perder.

Sim, acredite! E, cá entre nós, será que você não comete nenhum deles?

É hora de conhecer os pecados da limpeza facial e aprender a higienizar a face corretamente. Preparada?

Então, vamos lá!








Os erros

• Usar sabonete corporal no rosto
Se você usa no rosto o mesmo sabonete que utiliza para lavar o corpo, é hora de mudar a sua atitude. A pele da face possui características especiais e requer produtos específicos. Além disso, o sabonete correto dependerá do tipo da sua pele (oleosa, mista, normal ou seca). Portanto, cada coisa em seu lugar: lance mão do sabonete facial para lavar o rosto e deixe o sabonete comum para o corpo. Escolha o produto mais apropriado para o seu tipo de pele – seja – ele líquido, em barra, na forma de espuma ou mousse –, e use-o diariamente.

• Lavar o rosto muitas vezes ao dia
Esse erro diminui a proteção da pele, o que pode causar irritação e ressecamento. O ideal é lavar o rosto com sabonete duas vezes ao dia se a sua pele for normal ou seca, ou três se tiver a pele mista ou oleosa.

• Esquecer de lavar a área dos olhos
É comum a gente se esquecer ou até mesmo evitar lavar com sabonete essa região por medo de que os olhos ardam em contato com o produto. Mas saiba que você só tem a ganhar se apostar na limpeza dessa área. Além de garantir a purificação dos poros, a higienização estimula a circulação, eliminando o inchaço. O segredo é usar um sabonete neutro, que não cause ardência. E não se esqueça das sobrancelhas!

• Deixar o sabonete na pele por muito tempo
Massageie o sabonete na pele por aproximadamente 30 segundos a 1 minuto; nunca mais do que isso. Se o produto ficar em contato com o rosto por mais tempo, ele vai ressecar demais a pele (inclusive a oleosa), que ficará toda repuxada, podendo escamar.

• Usar água quente
Lavar o rosto com água quente resulta em ressecamento na certa, ainda que sua pele seja oleosa. E, neste caso, pode acontecer o temível efeito rebote: depois de um tempo após o ressecamento, sua pele começará a produzir óleo em excesso. O mesmo acontece se lavarmos o rosto com água muito gelada. Por isso, opte sempre pela água morna ou fria. Se puder, comece molhando o rosto com água morna para dilatar os poros, aplique o sabonete para eliminar as impurezas e enxágüe com água fria para fechar os poros e revitalizar a pele.

• Esfregar a toalha na hora de secar
Isso resseca a pele e pode causar irritação, sabia? Depois do enxágüe, seque o rosto com uma toalha limpinha e bem macia, pressionando a pele com delicadeza.

Dicas

Antes de lavar o rosto, lave bem as mãos com sabonete comum para que as impurezas não passem para o rosto.

• Se você usa sabonete líquido, saiba que a quantidade ideal de produto é aquela do tamanho de uma moeda. 

• Espalhe o sabonete facial nas mãos antes de aplicá-lo no rosto.

• Aproveite a hora da limpeza para massagear o rosto, ativando a circulação: basta espalhar o sabão com movimentos suaves e circulares.

• Enxaguar o rosto com a ajuda de uma bucha vegetal garante uma pele super livre de sujeira, porém vá com calma: passe a bucha suavemente, sem esfregar. Se a sua pele for sensível, troque a bucha por uma esponja.

• E não se esqueça do pescoço! Lave-o do mesmo modo que você higienizou o rosto. Para isso, use o seu sabonete facial de costume.


Texto: Vanessa Cusumano


Você sabe aplicar seu creme facial?

A aplicação correta dos cremes faciais potencializa os resultados

O uso de cremes faciais é indispensável para manter a pele bonita e saudável. Mas para alcançar o máximo de eficácia nos resultados, é importante saber aplicar os produtos corretamente.

Em vez de espalhar o creme de qualquer jeito, saiba que os especialistas aconselham uma massagem simples, que estimula a circulação e melhora a absorção do produto, sendo capaz até de reduzir o inchaço do rosto e garantir uma pele mais firme.

A dica vale para qualquer creme, seja hidratante, anti-idade ou despigmentante, e até mesmo para o sérum. A seguir, confira a maneira certa de usar seu creme facial.


A super dica

O ideal é aplicar o creme na pele limpa e esfoliada após um banho morno para ajudar a abrir os poros (isso melhora a absorção do produto). Comece colocando um pouco de creme nos pontos principais: testa, nariz, maçãs do rosto, queixo e pescoço (sim, não se esqueça dele). Se você fizer uso de creme para os olhos, comece por ele e só depois parta para o resto. É importante não exagerar na quantidade também. Neste caso, você desperdiçará produto, já que o excesso nem chegará a ser absorvido pela pele.


                                      Área dos olhos
Coloque um pouco de creme no canto externo da pálpebra inferior e comece o movimento circular em direção ao nariz, subindo para a pálpebra superior, seguindo a linha da sobrancelha. Use o dedo médio, que garante uma pressão menor nessa região tão delicada. Leves batidinhas com os dedos no final da aplicação, como se você estivesse tocando um piano, ajudam a tonificar a área.

                                             Face
A dica é fazer movimentos suaves e circulares de baixo para cima e do centro do rosto para fora. Como? Com movimentos da lateral do nariz para as bochechas e, na testa, das sobrancelhas até o início do couro cabeludo. Espalhe também o produto da ponta do nariz até a testa e do centro do queixo em direção às laterais. Não se esqueça da região acima dos lábios e das têmporas. Por fim, tonifique a face dando leves batidinhas com os dedos em todo o rosto num movimento suave de toque de piano.

                                           Pescoço
Não negligencie essa região! Caso você não utilize um creme específico para o pescoço, use o mesmo que você costuma aplicar no rosto. O segredo é fazer movimentos ascendentes com a palma da mão, de baixo para cima, do colo até o queixo. E não se esqueça das laterais do seu pescoço.

O filtro solar

O filtro solar é um capítulo à parte. Ao contrário dos outros produtos, a camada aqui deve ser generosa para garantir proteção. A aplicação, no entanto, segue o mesmo esquema dos outros cremes. Porém, filtros solares devem ser aplicados meia hora antes da exposição e reaplicados a cada duas horas (ou na hora do almoço, caso você não costume se expor ao sol no seu dia-a-dia). Para proteger a região dos olhos, aposte nos filtros solares labiais; eles são bem eficientes, com a vantagem não escorrerem causando ardência ou irritação nos olhos.

Texto: Vanessa Cusumano


Os dilemas da pele mista

A pele mista é uma mistura de tipos e requer cuidados específicos
Nem oleosa, nem ressecada, nem normal; eis a melhor definição de pele mista. Na verdade, este tipo de pele costuma ter como característica principal o desespero de suas donas. Afinal, convenhamos, não é tarefa fácil definir o que usar para garantir o equilíbrio perfeito. Por sorte, existem no mercado hidratantes e faciais específicos para pele mista. Mas e o resto? O que usar? Em primeiro lugar é preciso saber se realmente sua pele é mista. Como? Respondendo às três perguntas logo baixo.

• Teste: Sua pele é mista?

1. Você tem a sensação de repuxamento em algumas áreas especificas do rosto?
2. Seus poros são dilatados no nariz, na testa e no queixo?
3. Sua pele brilha apenas em determinadas zonas do rosto?

Resultado
Se você respondeu “sim” a duas ou mais questões, bem-vinda ao clube! Sua pele é mesmo mista.

A pele mista

A pele mista é, como o próprio nome sugere, uma mistura dos outros tipos. Ela é seca ou normal em determinadas zonas e oleosas em outras. O excesso de sebo aparece quase sempre na zona T (têmporas, testa, nariz e queixo), onde a pele costuma ser brilhante, os poros ficam dilatados e surgem cravos e espinhas.

A tendência ao ressecamento normalmente surge com o tempo e fica com as bochechas, que costumam apresentar estrias de desidratação. As estrias são aquelas linhas bem fininhas, que dão um aspecto ligeiramente enrugado às maçãs do rosto e que aparecem quando pressionamos a pele em movimento ascendente. Elas sinalizam falta de hidratação. Não raro, essa região é alvo de desconforto e repuxamento, especialmente no frio.

O que usar

O equilíbrio está em recuperar a hidratação das áreas secas e matificar as zonas oleosas. Fuja de produtos de limpeza agressivos (espuma, mousse e gel são as melhores pedidas) e opte por produtos de tratamento livres de óleo e não-comedogênicos. Aplique um hidratante leve diariamente em todo o rosto e passe o matificante apenas na zona T. Durante o dia, se a oleosidade der as caras, lance mão de lencinhos anti-brilho. E não dispense o filtro solar, que deve ser oil-free. Em dias quentes, se jogue na água termal! Algumas borrifadas do precioso líquido refrescam e mantêm a pele hidratada sem pesar.

Texto: Vanessa Cusumano


Como cuidar da pele em casa: o bê-á-bá

Não é preciso sair de casa para ter um rosto bem cuidado
Fato: com alguns cuidados básicos, é possível melhorar a aparência da pele em casa mesmo, sem precisar recorrer ao dermatologista. E não interessa se a sua pele é normal, mista, oleosa, seca, jovem, madura, branca ou negra. Algumas diquinhas são válidas para todo mundo!

Claro que nada substitui uma visita ao médico, especialmente se a pele apresenta algum probleminha. Mas, em geral, no dia-a-dia, dá pra se virar em casa e se obter uma pele bonita e saudável. Saiba como!

Limpeza
Parece incrível, mas tem muita gente que nem sequer limpa a pele frequentemente e da forma correta. O ideal é limpar a pele três vezes ao dia (de manhã, após o almoço e à noite) com produtos específicos para a sua necessidade. Há sabonetes faciais em barra, líquido ou na forma de mousse, voltados para todos os tipos de pele. Escolha o seu! Basta molhar o rosto e aplicar o produto em movimentos circulares, com as pontas dos dedos. Aproveite para fazer uma rápida massagem no rosto. Enxágüe muito bem depois. Se sentir a pele repuxando ou ressecada em seguida, é sinal de que o sabonete escolhido não serve para a sua pele. Melhor apostar em outro. E nada de usar sabonete corporal no rosto!

Hidratação
Todos os tipos de pele devem receber hidratação pelo menos uma vez ao dia. Esse é o melhor jeito de prevenir o envelhecimento cutâneo. O hidratante deve ser usado sempre após a limpeza. A aplicação deve ser feita em movimentos circulares. E se você tem pele oleosa e acha que não precisa de hidratante, atenção: a hidratação é obtida pela quantidade de água e de nutrientes, e não de óleo! Escolha um hidratante específico para o rosto e para o seu tipo de pele.

Proteção
Ao lado da hidratação, é a proteção que manterá sua pele jovem e saudável. Não dispense o filtro solar. O produto deve ser aplicado todos os dias, mesmo quando o tempo estiver nublado. É preciso reaplicá-lo a cada três horas. Se você trabalha em local fechado e não costuma enfrentar o sol forte no seu dia-a-dia, uma aplicação pela manhã e outra após o almoço já são suficientes. Aproveite para passar o filtro depois de lavar o rosto com seu sabonete. O resultado será melhor. Escolha um filtro específico para o rosto, voltado ao seu tipo de pele e com fator de proteção solar (FPS) de, no mínimo, 30.

Esfoliação
Uma vez por semana faça uma esfoliação facial. O procedimento renova a pele e deixa o rosto lisinho, macio e pronto para receber o creme hidratante ou o anti-sinais. Há diversos esfoliantes faciais no mercado, por isso opções não faltam. Só não vale esfoliar se sua pele estiver irritada. Se você está usando algum tipo de ácido, consulte um médico para saber se você pode fazer a esfoliação. 

Atenção!
Se alguma coisa na sua pele for motivo de incômodo para você, não tem jeito: vá a um dermatologista. Só ele será capaz de te ajudar a contornar o problema. O mesmo vale se você pretende recorrer aos ácidos. Se usados da forma incorreta, o resultado será desastroso. Sua pele pode até manchar. 

Veja mais algumas dicas básicas para ter uma pele bonita

Máscara de argila • Semanalmente aposte na máscara de argila. Ela é capaz de nutrir e revigorar a pele. Escolha a cor de argila mais indicada para você.

Água termal • Algumas borrifadas por dia revigoram e hidratam o rosto sem pesar! No calor ela é melhor ainda porque, além de tudo, refresca a pele. Indicada pra todos os tipos de pele.

Óculos escuros • De dia tem que usar! Eles evitam que você franza os olhos e a testa, o que acelera o surgimento das rugas.

Tônico • Ele complementa a limpeza da pele. O tônico facial reduz a aparência de poros dilatados, uniformiza a textura da pele, proporciona mais elasticidade, purifica e tonifica.

Maquiagem • Para uma pele bonita e saudável, é proibido dormir maquiada! Limpe sempre, e muito bem, o rosto para remover toda a maquiagem. Caso contrário, os poros entopem e você vai acabar ficando com um semblante cansado e sem vida.   

Água • Beba bastante água. Ela é fundamental para o bom funcionamento do organismo e para te deixar com a pele ainda mais bonita.

•  Sono • Dormir cerca de oito horas por noite é essencial para equilibrar o corpo e revigorar a pele.

Ginástica facial • Ela fortalece a musculatura, retarda as rugas e tonifica o rosto. Aposte nela!

Fibras • Uma alimentação equilibrada, rica em fibras, é essencial para a beleza da pele. As fibras estimulam o bom funcionamento do intestino, que elimina as toxinas prejudiciais à pele.

Cigarro • Fuja dele! Além de fazer mal à saúde, ele é o grande inimigo da pele.

Texto: Vanessa Cusumano


Como disfarçar uma noite mal dormida

É possível disfarçar com perfeição os efeitos de uma noite mal dormida
Ninguém precisa saber que você não dormiu à noite, certo? Bom, se você fizer questão de compartilhar o fato com as amigas, tudo bem. Mas nós aqui vamos te ensinar a disfarçar uma noite mal dormida.

Separamos uma série de truques que prometem acabar com aquela cara cansada e sem vida. Fique à vontade para escolher a dica que melhor se adaptar à sua rotina ou para seguir mais de uma dela ao mesmo tempo.

Lembrando que os resultados variam de pessoa para pessoa e que nenhuma dica que você vai ler aqui, claro, é capaz de suprir tudo o que uma boa noite de sono pode oferecer. Então, mãos à obra!

Banho
Nada melhor do encarar o chuveiro para repor as energias, coisa que você não deve ter conseguido fazer por não ter dormido direito. Mas atenção: o segredo é tomar um banho frio. Ele vai estimular a circulação e revigorar a pele. Se puder, use um sabonete com um cheirinho mais cítrico, refrescante, para se energizar e despertar.

Blush
Para dar um jeito na palidez matinal, aposte em um pouco de blush num tom quente. Aplique nas maçãs do rosto com cuidado, delicadamente, sem marcar. Vale usar os dedos para conseguir um ar mais natural. Lembre-se: é de manhã e você não está indo pra balada!

Alongamento
Tire alguns minutinhos e faça um rápido alongamento. Alongue pescoço, braços, pernas e coluna. A atividade física vai oxigenar o corpo e evitar a retenção de líquido, que deixa a gente inchada.

Corretivo
Extermine as olheiras de forma instantânea! Use um bom corretivo ideal para a sua pele e esconda as marcas. E não se esqueça das pálpebras.

Curvex e rímel
Cílios curvados abrem o olhar e minimizam a cara de cansaço. O rímel complementa a empreitada.

Compressa
Que tal uma compressa fria para detonar o inchaço dos olhos? Você pode lançar mão de chá de camomila gelado (em saquinho ou embebido em algodão) ou de algumas pedrinhas de gelo. Existem algumas máscaras de gel no mercado que também são uma boa alternativa. Basta deixá-la sempre na geladeira e usar na hora do desespero.

Esfoliação e hidratação
Renove a pele com uma leve esfoliação pela manhã. Ela elimina as células mortas que deveriam ter sumido durante a boa noite de sono que não existiu. Em seguida, aplique um bom hidratante para repor nutrientes e dar um ar descansado à pele. 
 
Texto: Vanessa Cusumano


Faça seu próprio balm labial!

O balm labial protege os lábios contra as agressões externas

O balm é um importante aliado para a saúde dos lábios. Ele protege a boca contra as agressões externas, como o frio e o vento, criando uma camada protetora que evita o ressecamento da pele. De quebra, ele pode conferir um brilho bacana e uma corzinha aos lábios.

Prático de usar, ele requer apenas as pontas dos dedos para a aplicação. Fácil de carregar, ele cabe em qualquer necessaire.

E o melhor de tudo: você mesma pode fazer o seu balm em casa, reaproveitando aquele restinho de batom que você não consegue mais usar. Veja como!


Material:

• Restos de batom
• Potinho ou latinha com tampa para armazenar o balm
• Álcool 70% para esterilizar o material usado
• Meia bala de manteiga de cacau
• 2g de bepantol creme
• Concha grande para derreter o batom
• Espátula pequena para retirar o batom da embalagem original


Como fazer:

Primeiro esterilize o potinho, a concha e a espátula com o álcool. Isso é fundamental! Em seguida, com a ajuda da espátula, pegue o batom da embalagem original e deposite na concha. Pique a meia bala de manteiga de cacau em pedacinhos e coloque na concha também. Leve ao fogo baixo, mantendo a concha a uns 15 cm de distância da chama do fogão. Quando começar a derreter, acrescente o bepantol. Vá misturando tudo com a espátula. É super importante que você não deixe a mistura ferver! Assim que tudo estiver derretido, despeje imediatamente no potinho. A mistura vai secar bem rápido. Após algumas horinhas, seu balm estará pronto para o uso!    
   

Dicas

• Opte por um batom cremoso para fazer o seu balm
• Seu balm terá mais ou menos cor de acordo com a quantidade de batom que você usar
• Prefira utilizar apenas uma cor de batom para cada balm, assim não há risco da cor final ficar estranha
• Você pode ter uma prática paleta de balms de cores diferentes usando aqueles porta-comprimidos de plásticos com vários compartimentos
• Se você preferir, pode derreter a mistura no microondas. Basta colocá-la em algum recipiente próprio para isso e ir controlando rigorosamente o tempo (atenção: alguns poucos segundos são suficientes)

Texto: Vanessa Cusumano



Pele pós balada tem salvação

Para uma pele descansada após uma boa noitada: hidratação e limpeza.
A festa foi ótima, você se esbaldou até dizer chegar, voltou para casa feliz da vida e super cansada. Você vai para cama, dorme umas quatro horas e acorda de manhã pronta para mais um dia corrido. Ao se olhar no espelho, logo cedo, as olheiras gritam e a sua pele está opaca e marcada. O que fazer?

A primeira coisa, e o principal segredo, é se manter hidratada sempre, especialmente durante a balada. Cigarro, bebida e ar-condicionado desidratam qualquer pele e a deixam opaca e com aparência cansada. Por isso, beba muita água durante a festa. E depois também.

Além disso, vale ressaltar que o álcool, por dilatar os vasos, potencializa as olheiras, a maquiagem pode entupir os poros e o ar-condicionado resseca a pele.

Para reverter o quadro, arme-se de força de vontade e faça uma boa limpeza no rosto ao chegar em casa. Use demaquilante e sabonete específicos para o seu tipo de pele e não se esqueça de passar um hidratante depois. Se sentir necessidade, aplique um creme para a região dos olhos a fim de suavizar as olheiras e ganhar um aspecto relaxado.  

Dormir pouco também faz mal para pele. Ao chegar da balada, durma o suficiente para ficar descansada. No dia seguinte, higienize o rosto e o hidrate pela manhã, não se esquecendo de aplicar o filtro solar. Se, ainda assim, as olheiras estiverem muito marcadas e os olhos permanecerem inchados, faça compressas frias no local. Lançar mão de algumas borrifadas de água termal também ajuda.


Salvação passo a passo:

• Beba bastante água antes, durante e depois da balada. Evite cigarro, álcool e ar-condicionado.

• Não durma maquiada! Retire a make antes de dormir e passe um bom hidratante em seguida.

• Mesmo que você não tenha usado maquiagem, limpe bem a pele com produtos específicos e hidrate o seu rosto antes de ir se deitar.

• Durma até se sentir descansada.

• Pela manhã, limpe e hidrate novamente a pele.

• Use sempre um bom protetor solar.

Texto: Vanessa Cusumano


Pés de galinha? Só pra quem quer!

O grande segredo para ficar longe dos pés de galinha é a prevenção
Você não liga para pés de galinha? Ótimo! Então pare de ler esta matéria por aqui mesmo. Porém, se você faz parte do grupo das mulheres que não desejam ostentar aquelas chatíssimas ruguinhas que surgem a partir dos cantos externos dos olhos, bom, este texto é para você!

E o segredo de tudo é a prevenção. Quanto mais tarde você começar a se cuidar, maiores as chances dos pés de galinha aparecerem e mais difícil será o tratamento.

E não há coisa melhor do que se jogar em lindos óculos de sol durante o dia. Assim, você evita franzir a testa e apertar os olhos. Escolha lentes com proteção UVA e UVB e use seus óculos até mesmo em dias nublados. De quebra, o acessório é super charmoso e complementa o look.

Outra dica importantíssima: use sempre filtro solar, especialmente em volta dos seus olhos. Se o filtro que você usa no rosto provocar ardência e vermelhidão nessa região, tente passar ao redor dos olhos um protetor solar próprio para lábios.

E atenção: cigarro é proibido! Além de fazer mal à saúde, ele apressa o surgimento das rugas, pois prejudica as fibras que garantem a sustentação da pele.
 
Tratamentos
 
Se você não se cuidou e os pés de galinha apareceram, nada de pânico. Há várias opções para acabar com o problema ou, pelo menos, minimizá-lo. Antes, contudo, um alerta: há no mercado uma centena de cremes antioxidantes que prometem detonar as rugas, porém a imensa maioria não cumpre o que promete, pois os agentes não têm capacidade de tratar aquilo que já se instalou.

Então vamos conhecer os tratamentos:

Hidratação: uma pele ressecada ressalta as rugas e gera mais problemas, por isso a hidratação é importante. Ela melhora a textura da pele, que ganha mais viço e elasticidade. Escolha um hidratante de que você goste e use diariamente. Isso previne e ao mesmo tempo trata os pés de galinha.   

Retinóides: como eles estimulam a produção de colágeno - responsável pela elasticidade da pele -, conseguem tratar as ruguinhas com sucesso. Cosméticos feitos com retinol são boas pedidas e podem ser comprados sem receita médica. Casos mais graves, no entanto, necessitam de algo mais potente, como o ácido retinóico. Como ele é um medicamento, tem efeitos colaterais e está disponível em várias versões, você vai precisar passar pelo médico para obter a receita e descobrir qual o mais indicado para a sua pele. 

Botox: taí outra coisa que funciona! A toxina botulínica paralisa os músculos da região onde foi aplicado e evita que as marcas de expressão apareçam. O resultado é um aspecto descansado e rejuvenescido.  

Peelings: podem ser superficiais, médios ou profundos. Os peelings variam conforme o tipo de pele e o grau de envelhecimento dela. Eles atuam retirando uma camada de pele, que depois é regenerada e se torna mais lisa e viçosa, com menos rugas. 

Ácido hialurônico: assim como o botox, é um tratamento injetável. Neste caso, o preenchimento ocorre onde há deficiência de colágeno, melhorando o aspecto da pele e atenuando os pés de galinha. Normalmente ele é indicado quando as rugas não somem depois do tratamento com a toxina botulínica.

Cirurgia plástica: recomendada em casos extremos, é um tratamento invasivo e, como todos do tipo, apresenta riscos, que devem ser avaliados entre o médico e a paciente.
 
Texto: Vanessa Cusumano


Hidratação sempre

Rosto hidratado é rosto bonito e saudável
Hidratar o rosto deveria ser hábito diário de mulheres jovens, adultas e maduras. Deveria, certo? Porque nem sempre é assim que acontece.

Muitas vezes acabamos hidratando o corpo e nos esquecemos do rosto, ainda mais se temos pele oleosa.

Uma pele desidratada não tem brilho e descama com facilidade. A hidratação diária, portanto, é super importante para todos os tipos de pele. É ela quem previne rugas precoces e garante viço e elasticidade.

Mesmo a pele oleosa requer uma boa dose de hidratante, uma vez que a produção de óleo em excesso não é garantia de hidratação. Esse tipo de pele precisa de produtos adequados, geralmente mais leves e formulados em gel-creme, gel ou fluido, todos livres de óleo (oil-free).

Como a nossa pele muda com o passar dos anos, nada mais natural do que adequar nosso hidratante às nossas necessidades. Quem já passou dos 25 anos, por exemplo, pode contar com os hidratantes anti-sinais. Eles ajudam a retardar o envelhecimento de forma mais efetiva. Alguns hidratantes também se propõem a clarear manchas. Invista neles se acha necessário. 

Aplique sempre o hidratante na pele do rosto já limpa, após o banho. Isso vai facilitar a absorção do produto. Se a pele estiver suja (com células mortas, poluentes, maquiagem e oleosidade), as chances de você ter cravos e espinhas serão grandes. Se preferir, antes do hidratante, passe um tônico com a ajuda de um algodão.

Texto: Vanessa Cusumano


Você limpa seu rosto toda noite?

Limpar o rosto antes de se deitar é fundamental para uma pele bonita
Fato: ao longo do dia seu rosto acumula resíduos que podem acelerar o envelhecimento da pele e entupir os poros.

Solução: uma boa limpeza diária antes de se deitar. Simples, não? E se você tem o costume de usar maquiagem, aí é que não tem desculpa!

O ideal, no entanto, é que todas as pessoas higienizem o rosto à noite para livrá-lo também dos resquícios de poluição, que podem ocasionar o aparecimento de espinhas.

Pele limpa é pele saudável, macia e viçosa. Veja as etapas para uma boa limpeza.

1. Remova a maquiagem

Use um bom demaquilante para remover sua maquiagem. Só ele é capaz de retirar profundamente a base, o corretivo, o rímel, o lápis, o blush, a sombra e todos os outros produtos que te deixaram com aquele look incrível. Escolha um demaquilante para o rosto e outro específico para os olhos. Os bifásicos são indicados para todos os tipos de pele. Há demaquilantes exclusivos para a remoção de produtos à prova d´água.    

2. Tire as impurezas da pele

O sabonete líquido e neutro é a melhor pedida para limpar a pele. Para uma higienização mais profunda, opte por uma loção adstringente.

3. Tonifique

Os tônicos equilibram o pH da sua pele e suavizam o rosto depois da limpeza feita com o sabonete. São liberados para todos os tipos de pele.

4. Esfolie

Se a sua pele é oleosa, faça uma esfoliação a cada dois dias. Peles secas podem ser esfoliadas uma vez por semana. O procedimento remove as células mortas e deixa a pele macia e renovada. Use produtos específicos para o rosto.

5. Hidrate

Lembre-se: toda pele precisa de hidratação para repor a água, até mesmo a oleosa, afinal ela produz óleo em excesso, e não água. Peles mistas ou oleosas devem ser hidratadas com produtos específicos para elas. O mesmo vale para as peles secas. Há produtos que além de hidratar, combatem os sinais de envelhecimento.

Texto: Vanessa Cusumano


A idade à flor da pele

Cada grupo etário requer cuidados específicos para manter a pele bonita
Ter uma aparência jovial e bonita só depende de certos cuidados com a pele. Todo o rosto merece respeito: olhos, boca, nariz, testa... Para cada parte, para cada idade, um tratamento especial. Basta seguir algumas recomendações para ter uma pele bonita mesmo aos 60 anos.

Mas saiba que o envelhecimento é um processo natural e sem volta; é possível minimizá-lo, mas não se consegue parar o tempo ou fazê-lo retroceder. 

E atenção: se aos 30 anos você mantém o mesmo tratamento iniciado aos 20, as chances de sua pele mostrar sinais de envelhecimento precoce são grandes.

O feitiço pode se virar contra a feiticeira, pois os produtos desenvolvidos para as peles mais jovens não repõem os nutrientes de que a pele mais velha necessita.

Portanto, tenha em mente que há um arsenal de cosméticos e cuidados especiais para cada faixa etária. A grande sacada é: seja qual foi sua idade, procure um dermatologista para que ele possa avaliar sua pele e indicar o tratamento mais eficaz e seguro para você.

Dos 20 aos 30 anos

A pele entre 20 e 30 anos requer limpeza diária e proteção solar para prevenir manchas, doenças e envelhecimento precoce. Nessa faixa etária, o colágeno e a elastina, que dão sustentação à pele, são produzidos pelo organismo na medida certa. A oleosidade, muito comum nas peles jovens, garante uma boa hidratação, portanto nada de rugas ainda. Se a produção de óleo for excessiva, produtos específicos devem ser usados para reverter o quadro. É importante limpar seu rosto com produtos indicado para o seu tipo de pele e usar o filtro solar diariamente, mesmo em dias nublados. A partir dos 25 anos, os médicos recomendam produtos com vitamina C e à base de alfahidroxiácidos, os AHAs, para retardar o envelhecimento.

Dos 30 aos 40 anos

Dos 30 aos 40 anos a pele precisa de cuidados mais freqüentes. As fibras de colágeno e elastina sofrem alterações e algumas rugas indesejáveis aparecem. Aos 30 já começam a surgir os primeiros e tão temidos sinais de envelhecimento: as ruguinhas ao redor dos olhos. Mulheres desse grupo etário devem procurar um dermatologista para que o profissional indique os cosméticos mais potentes para cada particularidade. No geral, esses produtos precisam contar com uma boa dose de vitamina C e de AHAs. Cremes à base de ácido retinóico também são indicados para atenuar as rugas e os efeitos cumulativos do sol, que costumam aparecer depois dos 30. Limpar e hidratar o rosto duas vezes ao dia são as melhores pedidas, além do uso de produtos contra o envelhecimento, especialmente na região dos olhos. E não se esqueça do protetor solar.

Acima dos 40 anos

Nas mulheres que já passaram dos 40 o envelhecimento e a desidratação da pele ficam bem mais evidentes em função das alterações hormonais. Peelings químicos ou com laser, injeções de toxina botulínica e cirurgias plásticas rejuvenescem, mas não livram a pele madura do envelhecimento. Protetor solar e creme antiidade no rosto, pescoço e colo são indispensáveis para manter a pele bonita e viçosa após os 40.
 
Texto: Vanessa Cusumano


Beleza em casa

Ótimas máscaras podem ser feitas com ingredientes caseiros
Nada como a praticidade na hora de ficar ainda mais bonita, certo? Que tal abrir a despensa e, de cara, se deparar com os ingredientes certos para preparar aquela máscara facial que vai deixar sua pele maravilhosa ou aquele esfoliante gostoso e eficiente?

Confira algumas receitas seguras, super práticas e infalíveis!

Lembre-se apenas de não usar as receitas se sua pele estiver lesionada ou com espinhas.

Esfoliante hidratante mousse de morango

Remove as células mortas e hidrata a pele

Ingredientes

2 colheres (sopa) de mel
6 morangos lavados
4 colheres (sopa) de óleo de amêndoas doce
2 colheres (sopa) de hidratante corporal neutro
2 colheres (sopa) de fubá

Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e passe no rosto e no corpo limpos em movimentos circulares e vigorosos, de baixo para cima. Enxágüe em seguida e não use sabonete ou hidratante logo depois. Deve ser guardado em geladeira por até três dias.

Máscara de chocolate para pele normal ou seca

Hidrata, acalma e clareia a pele

Ingredientes

1 colher (sopa) de chocolate meio amargo derretido
3 colheres (sopa) de argila branca em pó
2 colheres (sopa) de água morna

Preparo

Misture os ingredientes e aplique uma camada generosa da máscara no rosto, no pescoço e no colo, que devem estar limpos. Evite a região dos olhos e dos lábios. Deixe a máscara agir por 20 minutos. Retire com água fria. Também pode ser utilizada nas mãos, nos seios, nas pernas e nos glúteos. Indicada para ser usada depois da esfoliação habitual.

Esfoliante facial clareador para pele mista ou oleosa

Remove as células mortas e clareia a pele

Ingredientes

1 colher (sopa) de fubá
3 colheres (sopa) de leite integral

Preparo

Misture tudo e aplique fazendo movimentos circulares durante 5 minutos na pele seca. Retire com água fria. Também pode ser usado no corpo e nas mãos. Se desejar, faça compressas de chá de camomila gelado e aplique em seguida.

Máscara tensora pré-maquiagem

Revigora o rosto

Ingredientes

1 clara de ovo
1 colher (sobremesa) de amido de milho

Preparo

Misture tudo até formar uma papa. Aplique no rosto e deixe secar durante 20 minutos. Retire com água fria. Aplique um hidratante facial em seguida e faça sua maquiagem.

Máscara contra oleosidade

Remove impurezas e controla a oleosidade

Ingredientes

1 colher (sopa) de argila verde em pó
2 gotas de óleo essencial de laranja
3 ou 4 colheres (sopa) de água mineral

Preparo

Misture tudo até formar uma pasta. Passe no rosto e deixe 20 minutos. Enxágüe com água fria.

Esfoliante facial para pele normal, seca ou mista

Remove as células mortas, hidrata e clareia a pele

Ingredientes

3 colheres (sopa) de farelo de aveia
1 fio grosso de mel
Meio copo de iogurte natural

Preparo

Misture tudo e aplique no rosto limpo e úmido, massageando. Retire com água fria em seguida. Se desejar, deixe a mistura alguns minutos na pele antes de enxaguar.

Texto: Vanessa Cusumano


Óculos de sol: questão de saúde

Apenas óculos de sol de qualidade protegem os olhos de raios nocivos
Não importa a época do ano, não importa se você está na cidade, na praia ou na montanha, também não importa se está sol ou nublado. O que é importa é que seus olhos estejam protegidos com óculos escuros. Os oftalmologistas são unânimes: todas as pessoas devem usar óculos de sol. 

Além dos motivos ligados à estética, o uso de óculos escuros tem uma função ainda mais nobre: impedir a penetração da radiação ultravioleta no olho humano. A incidência direta desses raios, conhecidos como UVA e UVB, ocasiona danos que podem culminar na perda total da visão. O efeito é cumulativo: quanto mais seus olhos se expõem aos raios ultravioleta, maiores serão os riscos com o passar dos anos.

Porém, cabe aqui um alerta: usar óculos de sol sem qualidade é mais perigoso do que não usar nada. Isso porque o olho nu, quando exposto ao sol, conta com uma defesa inteligente: a pupila se fecha para proteger a retina dos raios solares.

Acontece que as lentes escuras inibem a contração da pupila, que se abre, permitindo que os raios atinjam o olho e causem estragos. Se os óculos não possuem proteção, os raios nocivos, que anteriormente eram barrados simplesmente pelo fechamento da pupila, passam a incidir diretamente na retina, provocando lesões - como a temida catarata -, que podem causar cegueira. Logo, não caia na tentação de comprar seus óculos em camelôs, afinal, a procedência e a qualidade destes produtos são desconhecidas.

Portanto, ao comprar seus óculos de sol, escolha lojas especializadas e certifique-se de que o produto tenha proteção adequada, ou seja, esteja certa de que as lentes bloqueiam a radiação. Esta informação deve estar disponível em adesivos afixados nos óculos ou em livretos contendo informações técnicas sobre o produto. Outros dois requisitos também devem ser levados em conta na hora da compra:

Adaptação ao rosto


Prefira lentes e armações que envolvam bem os olhos. Seus óculos devem impedir tanto quanto possível a penetração da luz através das aberturas que existem entre o rosto e a armação. O modelo ideal filtra 75% a 90% da luz visível.

Cor das lentes

Opte por cores que provoquem pouca distorção da visão e das cores do ambiente. As mais indicadas são: verde, cinza e marrom. A lente verde é a mais versátil e confortável. Cinza claro é ideal para uso interno. Cinza médio é recomendada para quem tem enxaqueca. Cinza escuro é excelente para uso externo. Marrom claro deve ser usada em lugares fechados. Marrom escuro é ótima para proteger os olhos do sol e para lugares com um pouco de neblina. A amarela oferece ótimo contraste e visibilidade em condições de pouca luz, por isso é ideal para dias nublados ou com neblina e não deve ser usada para proteger os olhos do sol. Já as lentes azul e rosa não devem ser usadas em óculos de sol.

E lembre-se:

• Preço alto nem sempre é garantia de qualidade.
• Seus óculos de grau também podem ter proteção UVA e UVB.
• Óculos de sol também podem ser feitos com grau.
• Escolha um modelo de qualidade que leve em consideração, além da sua realidade financeira, o seu estilo de se vestir e também a sua personalidade.
• Crianças também devem usar óculos de sol de qualidade.
• Chapéus e bonés oferecem proteção extra quando precisamos passar muito tempo sob a luz do sol.

Texto: Vanessa Cusumano